o_seifador_do_mkt

Você teve uma ideia, pesquisou e resolveu transformas sua ideia, algo que você gosta em negócio. Pensou em preços, fornecedores, prazos, entre muitos outros desafios do empreendedor, mas uma pergunta não sai da sua cabeça:

“Como divulgar o meu negócio?”

Essa é a pergunta que mais se vê em grupos e fóruns de discussão sobre empreendedorismo, e muitos não têm ideia nem de como começar e acabam cometendo alguns erros que prejudicam o seu trabalho.

Será que você também passa por isso?

Continue lendo esse artigo e saiba como não cair nas armadilhas.

Armadilha da divulgação #1: Marketing é só pra grandes empresas

“A Coca-Cola investe em marketing por que é gigante ou é gigante por que investe em marketing?”

Pense sobre essa frase por um instante. Aposto que percebeu o cheiro da armadilha no ar.

O marketing atualmente é acessível a todos os tamanhos de empresa, você pode criar uma estratégia de acordo com os seus recursos disponíveis. Não estou dizendo que você deve competir e investir o mesmo que as grandes empresas do mercado, o que você não pode fazer é ficar sem investir.

O marketing da sua empresa pode ser feito por uma marca bem construída, impressos como cartões de visitas ou panfletos, anúncios em sites e redes sociais, entre outras dezenas de ferramentas com valores bem mais acessíveis do que um comercial no intervalo da novela da Globo.

Investir em marketing pode ser traduzido como investir tempo no seu negócio. Você pode investir o seu tempo aprendendo como criar materiais ou contratar esse tempo de profissionais enquanto você se dedica a outros pontos da sua ideia.

Armadilha da divulgação #2: Não cuidar da sua marca

“A primeira impressão é a que fica”

Em muitos casos a sua marca, a identidade visual da sua empresa (logo, cores, anúncios) é a primeira coisa que seu cliente vê. Já pensou nisso?

Se o primeiro contato com seu cliente criar um impacto negativo o mesmo pode nem sequer se interessar em conhecer seus produtos e serviços. Suas chances acabam antes mesmo da negociação começar.

Dedique-se, e invista, para ter uma marca profissional, de acordo com a sua empresa e alinhada com o público-alvo. E especialmente não crie ‘um desenhinho’ ou deixe sua marca na mão de amadores. Cuide do seu logo e fuja dessa armadilha.

Armadilha da divulgação #3: Não estar atento aos detalhes

“Ninguém tropeça em uma montanha”

Erros de digitação ou de ortografia fazem uma empresa parecer amadora. Sempre revise os e-mails com calma antes de enviar, publicações em redes sociais, materiais da empresa, entre outros. Um pouquinho de atenção é sempre bem vinda.

Assim como atenção aos materiais de comunicação, mantenha um olhar analítico também dos produtos e serviços que você presta. A qualidade pode não ser percebida como um diferencial, mas qualquer falha poderá ser motivo de propaganda negativa. Certifique-se de que você está entregando as promessas que fez no momento da venda e use os detalhes a seu favor.

Armadilha da divulgação #4: Não fazer marketing por não ter verba

Marketing não é um gasto e sim um investimento importantíssimo.

Pense em um desses carrinhos de cachorro-quente que a gente vê na rua, você acha que essa pessoa pensaria em não comprar salsichas? Ou quem sabe comprar salsichas mas não comprar pão?

Da mesma forma você não pode tratar o marketing como opcional: ele é parte da sua empresa.

Em momentos de crise esse investimento é ainda mais importante, se novas pessoas não ficam sabendo dos seus produtos e serviços as suas vendas não tem como aumentar. Se você investe e não vê retorno é fundamental conferir o que está errado na sua estratégia, o que leva a próxima armadilha…

Armadilha da divulgação #5: Esquecer de acompanhar os resultados

Sem acompanhar os resultados (ou a falta deles) do seu investimento em marketing é impossível saber se você está no caminho certo. Estratégia demanda planejamento e acompanhamento, se foi feito um bom planejamento antes de começar qualquer ação as chances de um retorno do investimento são maiores.

Acompanhar os resultados permite que você saiba o que dá certo e realocar os investimentos do que não dá certo, evitando gastos desnecessários. As principais ferramentas de divulgação online já contam com painéis que permitem um acompanhamento preciso.

Para ações off-line você pode precisar de métricas mais específicas de acordo com a sua ação, se, por exemplo, você optou em distribuir vale-descontos uma forma de acompanhar é saber quantos desses vales foram resgatados em compras.

Conclusão: Fuja das armadilhas da divulgação

Sua empresa está presa em alguma armadilha da divulgação?

Espero que com essas dicas você possa reconhecer se seu negócio foi pego por alguma (ou algumas) dessas armadilhas e se livrar rapidamente. Reserve um tempo para planejar a sua divulgação e encontrar meios de atrair mais vendas.

E a próxima vez que você perceber que está caminhando para alguma dessas armadilhas lembre-se que agora você já sabe o que pode fazer, pense:
“Desta vez será diferente”